Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




bom serão

por M.J., em 24.01.15

“- Carlinhos da minha alma, é inútil que ninguém ande à busca da «sua mulher», e necessariamente tem de a encontrar. Tu estás aqui, na Cruz dos Quatro Caminhos, ela está talvez em Pequim: mas tu, aí a raspar o meu repes com o verniz dos sapatos, e ela a orar no templo de Confúcio, estais ambos insensivelmente, irresistivelmente, fatalmente, marchando um para o outro!...”

 

não precisais que indique autor e obra, pois não?

publicado às 19:55


5 comentários

Imagem de perfil

De meandmyboy a 24.01.2015 às 21:42

por acaso preciso. sorry
Imagem de perfil

De M.J. a 24.01.2015 às 21:48

os maias de eça de queirós
Sem imagem de perfil

De Pseudo a 25.01.2015 às 12:21

Alencar a dirigir-se ao Carlos Pai? Não me lembro de todas as palavras daquilo tudo, como é óbvio...
Imagem de perfil

De M.J. a 26.01.2015 às 00:44

o ega a dirigir-se ao Carlos. Não sei se já disse mas eu não gosto dos maias. Eu sou fanática. Completamente.
Sem imagem de perfil

De RC a 27.01.2015 às 02:06

E' um dos 2 livros em Portugues que tenho comigo, defenitivamente esta' mais que na hora de o reler. E' uma vergonha nao ter reconhecido `a primeira!

Comentar post



foto do autor


e agora dá aqui uma olhada