Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




leio por ai gente indignada com as piadas feitas à roupa da miúda vestida de algodão doce. que é terrorismo fazer isso a uma criança e que terroristas não são só os que as explodem mas quem goza com isso também. 
 

 

vamos lá ver:
 
* só gente com graves problemas psicológicos pode pôr no mesmo nível mortes de crianças e críticas humorísticas ao que elas vestem. 
 
** ninguém criticou a criança. evidentemente que a criança não ia sozinha para a festa nem tinha vontade - ou autonomia total - sobre o que vestia. as críticas eram para quem a levou naqueles preparos.
 
*** alguém levar uma criança vestida com aqueles trajes carnavalescos a uma festa de adultos, onde estará toda a comunicação social e achar que não pode ser alvo de críticas é só obtuso, sobretudo quando a própria festa é um reflexo dessas críticas.
 
**** a sério que se põe no mesmo nível a vida humana tirada por um terrorista louco, com piadas acerca de uma fatiota?
 
***** o ser humano é maluco.
 

oh vai ver ali:

publicado às 13:31


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Silent Man a 24.05.2017 às 14:44

Mais importante que o facto de a pobre criança parecer um boneco de gengibre ou uma boneca insuflável de mau gosto com aquela maquilhagem, pior ainda do que o facto de a roupa ser horrorosa e tudo o mais que se possa dizer sobre isso...

À hora a que aquela festa começou, uma criança da idade dela tem é que estar na cama a descansar. Ou segunda feira nõa é dia de escola para aquela menina?
Imagem de perfil

De M.J. a 24.05.2017 às 14:49

essa é outra questão por onde nem entrei porque estou farta de escrever sobre isso e sou sempre vista como a idiota que "só vai entender quando for mãe".

gente que pespega os filhos em publicidade, em blogues, que os usa como acessórios, que usa a imagem deles para ganhar dinheiro mas que diz sempre que é para o bem deles, mesmo que o bem deles seja estar quietos de trombas estendidas para aparecer em espaços da internet para gáudio de milhares "porque o filho é meu, eu é que sei" é só igual a casos destes em que a criança vai acompanhar o papá a uma festa de gente adulta, à noite.
é deprimente.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada