Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




ninguém acertou

por M.J., em 31.03.16

nisto.

 

o que me faz crescer as unhas para os cantos, ouvir o giz no quadro a guinchar, sentir parasitas debaixo da pele ou um cheiro nauseabundo, como quando vamos a uma casa de banho pública, num bar de estudantes, às cinco da manhã, numa noite de queima é...

 

aquele tipo de gente que constrói uma personagem (somos todos) que desprezo na vida real: ai que sou tão fofa, tão cutxi, tão doce, tão querida, tão bem com a vida, com tanta coisa a ensinar, com sol e unicórnios e arco-íris e algodão doce e deixai o amor entrar e motivação e respira fundo e ergue a cabeça e as pedras do caminho com os castelos e um sorriso vale milhões e não se brinca com coisas sérias e rir é do fernando mendes.

está ali, taco-a-taco com as citações do cifras. 

 

ou não tivesse eu criado uma personagem no exacto oposto!

publicado às 10:00


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Maria João Marques a 31.03.2016 às 13:48

É que a vida não é nada cutxi , cutxi, é rodeada de uma quantidade enorme de compadrios, de lambe cus e de idiotas, que quer queiramos ou não se vão safando na vida á custa de uns tantos. Contas por pagar, e outros acepipes um bocadinho amargos. De vez em quando , muito esporadicamente , alguma alma celestial, dá-nos uma abébia e vamos sobrevivendo .... agarradas com unhas e dentes a uma réstia de esperança. Puta da vida !

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada