Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




e eu não acho bem nem mal.

acharei bem se não for incomodada com pulgas, latidos, mordidelas, rosnares e doenças.

caso contrário acharei mal e deixarei de ir a esse restaurante. 

simples como isso. 

 

entendo a opinião de quem tem animais.

mas também entendo os donos dos estabelecimentos que, além de se procuparem com clientes mal educados, gente que estranha, comida mal feita e esquesitinhos como eu têm agora de se preocupar se o gato do mesa dois não lambe os tomates e se o cão da mesa cinco não vomita nos pés do cliente.

 

parece-me -  desculpem os que não concordam (ou não desculpem) - uma valente porcaria!

fumar à mesa (e eu detesto fumo) está mal.

mas apanhar com saliva de cão e bolas de pelo não tem problema.

 

oh que consumição!

(alguém sabe se os restaurantes se podem recusar? se sim, que saia uma lista por favor!)

publicado às 15:26


1 comentário

Imagem de perfil

De Margarida a 13.10.2017 às 16:30

Até eu que tenho uma cadela que vai comigo frequentemente de férias e ao restaurante, devo confessar que estou com "medo" do que se vai passar em Portugal.
Acho muito bem que os donos dos restautantes possam recusar todos os animais, mas também acho bem que possam recusar casos em particular.
A minha cadela entra comigo e deita-se debaixo da mesa, ficando nessa forma todo o tempo e sem incomodar ninguém, mas conhecendo melhor do que ninguém a realidade portuguesa no que concerne à educacão canina, acho que vão haver muitas situacões aborrecidas para o dono do restaurante/restantes clientes.
Poderão ser criadas áreas para animais como existem para fumadores, ou limitar o acesso dos animais às esplanadas... A ver vamos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada