Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




parvoeiras.

por M.J., em 06.09.16

este blog começou porque uma pessoa parva, uma catraia mesmo parva, decidiu escrever as suas parvoíces para quem quisesse ler.

a parva escreveu e foi lida por mais gente do que alguma vez acharia. cada vez mais parva a pessoa parva que escreve esta parvoeira gostava muito de saber quem são os que acompanham a sua parvoíce desde há mais de um ano.

esta parvinha dá-vos conteúdo diário pelo que entende que não vos custaria muito acusarem-se, mesmo que não o façam por norma. 

é uma parvoíce importante. 

publicado às 14:30


81 comentários

Imagem de perfil

De M.J. a 06.09.2016 às 16:31

nota. nota-se.
mudamos e isso é quem somos. e isso chega.

às vezes penso em escrever-te todas as noites. um mail por dia. com mais ou menos palavras.
acabo sempre por desistir. ainda não percebi porquê.
Imagem de perfil

De Gaffe a 06.09.2016 às 16:48

Vou sussurrar-te um segredo:
Sempre, sempre, sempre tive um medo terrível que os "genes" atacassem.

Agora percebo que este ataque é lento. Começa e evolui sem que me aperceba. Vou acabar como é suposto. Uma cabra gelada e implacável, a assustar os outros com a puta da maldita competência e infalibilidade acima de toda a suspeita.

Vou acabar assassina.
:)

(Às vezes, um mail atrasa o evoluir da doença.)
Imagem de perfil

De M.J. a 06.09.2016 às 16:51

(para lá dos genes está o coração).

um mail por dia.
ou pelo menos a tentativa de. pode escapar um de vez em quando.

assim será.

Comentar post



foto do autor


e agora dá aqui uma olhada