Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




quando estou muito mas muito cansada

por M.J., em 27.06.18

que a gravidez tem disto (hei-de escrever sobre o assunto, a falta de rosas, os espinhos completos, a incapacidade de trabalhar, comer, mexer-me ou outra que não fosse praticamente vomitar nos primeiros três meses) respiro fundo e lembro-me de todas as vezes que o rapaz se levanta às sete da manhã, chega a casa às sete da tarde, janta e vai trabalhar novamente até às 2 da manhã para conseguir fazer aquilo a que nos propusemos quando casamos, nos objetivos triviais de uma vida doméstica banal.

e lembro sobretudo do mantra que ele usa, cansado, esgotado:

o mérito não está em se trabalhar motivado. o mérito encontra-se quando conseguimos manter o ritmo mesmo que a desmotivação aumente e o cansaço consuma.

 

sinto-me tão cansada que podia jurar ter corrido duas maratonas.

mas prossigo.

o mérito está nisso mesmo.

publicado às 17:28


1 comentário

Imagem de perfil

De Gorduchita a 28.06.2018 às 10:02

Tenho de interiorizar esse mantra!
Força! As energias vão e voltam! :)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



foto do autor



e agora dá aqui uma olhada