Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




se amanhã fosse o último dia

por M.J., em 06.03.17

e depois não houvesse mais, nem ser nem pensar nem ver nem sentir...

...tirando o óbvio cliché de "não ver crescer os meus filhos/não voltar a sentir quem amo" do que sentiriam falta da vida que levam?

 

em tudo o que são e pensam e vêem e sentem nos dias...

... o que lamentariam por perder?

que momentinho vos daria a amargura - mais do que todos - por não viverem mais?

 

 

sempre que chego à conclusão que não sei é que percebo quão estupidificante é a minha vida.

e no quão pequenita e banalzita me tornei

publicado às 13:00


34 comentários

Imagem de perfil

De Magda L Pais a 06.03.2017 às 15:01

Depois de ler o último livro que li, e por várias razões (que sabes), tenho pensado nisto mesmo... e até tenho um post pensado sobre isso. Do que sentiria mais falta, para além das pessoas? de rir. De ler. Dos meus livros.
Imagem de perfil

De M.J. a 06.03.2017 às 15:06

é interessante. acabas sempre por sentir falta das pessoas, em última instância, porque os livros são reflexo delas.
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 06.03.2017 às 15:10

sim, as pessoas que riem, que leem, que escrevem.
Imagem de perfil

De M.J. a 06.03.2017 às 15:12

invejo-te. não creio que fosse das pessoas que mais falta sentiria.
Imagem de perfil

De M.J. a 06.03.2017 às 15:20

do que poderia ter feito e não fiz. e do que poderia ter sentido e não senti. do que poderia ter sido e não fui.
o que, na verdade, já sinto.

sou uma eterna insatisfeita e avalio tudo o que vou sendo e fazendo e sentindo com a amargura de que não é metade do que deveria ser.
ou isso, ou é falta de alcool ;)

Comentar post



foto do autor


e agora dá aqui uma olhada